História de Sucesso

0

O Petropolitano, Jorge Luís da Silva, que ainda muito jovem, despertou o interesse pela prática de atividades esportivas, em especial as modalidades do atletismo, ingressando pra valer aos 12 anos de idade nas corridas de rua de sua cidade natal.

icb_JorginhoNa sua carreira de atleta, figurou entre os dez primeiros na prova dos 10 mil metros rasos no Campeonato Brasileiro Juvenil de 1997. Neste mesmo ano foi campeão juvenil na 1ª Meia Maratona Internacional do Rio de Janeiro. Durante sua carreira de atleta, despertou o interesse em aprofundar seus conhecimentos pedagógicos voltados para o treinamento esportivo e descoberta de jovens talentos, isso o tornou colaborador na preparação física dos seus companheiros atletas.

Jorge Luís da Silva encerrou sua brilhante carreira com diversas conquistas e títulos nas provas de meio fundo e fundo. E logo, iniciou sua transição de atleta para treinador, desempenhando com êxito a função de assistente técnico da equipe Pé de Vento em Petrópolis. Com a notoriedade no meio esportivo do excelente desempenho de suas funções como assistente técnico da equipe Pé de Vento, recebeu a convocação da Confederação Brasileira de Atletismo para dirigir a Seleção Brasileira no Campeonato Mundial de Meia Maratona, realizado em Portugal no ano de 2003 e logo em seguida foi convocado para o Mundial de Cross Country, realizado no Japão em 2006.

Nestes últimos oito anos, colaborou diretamente na preparação técnica e física de grandes atletas, como: Franck Caldeira (Campeão da São Silvestre 2006 e dos XV Jogos Pan-Americanos Rio 2007), Reginaldo Júnior (Tricampeão Brasileiro dos 10 mil metros rasos), Daniel Chaves (Índice para o Campeonato Mundial de Juvenis – realizado em 2006, Pequim).

No ano de 2004 através do ensino e aprendizagem no atletismo, o Professor Jorge Luis da Silva promoveu o desenvolvimento da igualdade de oportunidade para os jovens da comunidade do Caxambu, desempenhando esta ação positiva foi convidado pela Fundação Vale para trabalhar no Projeto Estação do Conhecimento, aonde continua promovendo as atividades de ensino e aprendizagem no atletismo.

Através do ideal de um grupo de ex-atletas de alto nível, surgiu legalmente em 2009, na cidade de Petrópolis/RJ, a Associação Cultural e Esportiva Correr Bem – ACCB.  Atualmente ocupa o cargo de presidente Jorge Luis da Silva – Professor de Educação Física e Treinador de Atletismo nível IV da IAAF.

 A Associação Cultural e Esportiva Correr Bem no dia 8 de março de 2013 deu mais um passo importante ao se tornar o Instituto Internacional Correr Bem para dedicar-se na produção de conteúdos nas areas da educação, da pesquisa e da produção científica.

 O Instituto Internacional Correr Bem mantém parceria com empresas, universidades e organizações  para desenvolvimento de projetos esportivos. Sempre sob o lema: “Sucesso, Suor, Certeza e Sonho”!

Share.

Leave A Reply